Fórum Convidados Química da Água Fosfatos

Fosfatos

Mensagem 04/mar/2014, 04:40

Grupo: Moderadores Mensagens: 102
Idade: 50
Localização: Guarulhos - São Paulo - Brasil
Boas pessoal, por alguns dias estive fora do fórum mais agora estarei mais presente pois estou com notebook novo.

Pretendo neste post discutir com um pouco mais de detalhes sobre os fosfatos.

Sabe-se que eles são os vilões de qualquer aquarista, seja novato ou o mais experiente.
Como são formados os fosfatos, quais são os principais agentes iniciantes dos fosfatos no aquário e quais são os tipos de fosfatos que existem e que devemos controlar???

Então, está aberta a discussão sobre este vilão que assombra a maioria dos aquaristas do mundo todo.

Vamos lá, participem, deixem vossa opinião e experiências!
Abraços.

Rinaldo Fontenele

Química da água.

Mensagem 04/mar/2014, 12:46

Grupo: Utilizadores Mensagens: 501
Idade: 41
Localização: Caparica

Boas Rinaldo!


Mesmo a propósito este tópico!

Estávamos num outro tópico ( viewtopic.php?f=7&t=2776&p=26420#p26420 ) a discutir sobre a rocha viva e a acumulação de fosfatos (ou suposta libertação de fosfatos da rocha para a água).

Eu tenho a opinião do texto em baixo, mas gostava de ter uma opinião cientifica e não empirica como a minha ( e se calhar incorrecta) para evitar problemas futuros.

Gil Miguel Escreveu:
Boas César

Cientificamente não estou a vêr como é que a própria rocha liberta fosfatos. Se assim fosse, o que significaria a dissolução (ainda que lenta) da rocha na água, seriam libertados muitos outros compostos em quantidades enormes.

Ou seja, os fosfatos não se ligam á propria rocha, mas sim a outros iões, podem existir na rocha como fosfato de cálcio ou outra fosfato qualquer e estas ligações iónicas não se quebram nas condições normais do aquário, só em condições extremas nunca possiveis num aquário é que podia existir essa dissolução.

Assim não estou a vêr qual será o enquadramento quimico para sustentar o que afirmas, pelo que só posso atribuir essa libertação á acumulação de detritos ao longo dos anos.

De qualquer forma o Rinaldo há-de ter uma opinião mais cientifica que a minha, era interessante que viesse aqui dar um bitaite :)

Cps

Mensagem 04/mar/2014, 17:25

Grupo: Moderadores Mensagens: 102
Idade: 50
Localização: Guarulhos - São Paulo - Brasil
Boas Gil, este assunto é demasiado interessante e talvez incompreendido......

O fósforo é um constituinte da matéria orgânica viva, encontrado no ambiente marinho sob a forma de fosfatos orgânicos em suspensão ou em solução, e sob aforma de fosfatos inorgânicos insolúveis (como os de cálcio e ferro) ou adsorvidos por partículas em suspensão e principalmente sob a forma de fosfatos inorgânicos solúveis, ou seja íons HPO4-2 e PO4-3. A concentração de fósforo inorgânico na água domar varia de 0,0 a 3,2 μmol/L.

Sabe-se que muitos animais macro e microscópicos vivem dentro das rochas se alimentando até dos fragmentos da rocha, além disso as bactérias nitrificantes e desnitrificantes estão fazendo o ciclo do nitrogênio. Certos vermes para fazerem suas tocas cavam o calcário que é formado de carbonato de cálcio e também de fosfato de cálcio.
A alimentação desses vermes são nutrientes que são ricos em fosfatos assim como substâncias que contém o elemento fósforo.

Quando a rocha está no mar, os nutrientes e os iões estão em equilíbrio químico assim também como os compostos fosfatados orgânicos.
Quando as rochas são retiradas de seu sitio, toda a macro e micro vida que existe na rocha morre em questão de minutos, assim também como as bactérias nitrificantes e desnitrificantes.

Toda carga iónica e orgânica fica acumulada dentro da rocha e com isso, após a introdução das rochas em vossos aquários, toda carga química que está presente na rocha vai sendo "dissolvida" aos poucos, aumentando a concentração das substâncias já presentes na água do aquário.

Nem sempre toda essa carga química é eliminada rapidamente conforme o aquário vai se maturando e mesmo as mudas de água não resolvem o problema.
Podemos verificar que um aquário saudável no seu início, se transforma em um pesadelo com o passar do tempo devido à liberação desses compostos fosfatados na água.

Também temos que lembrar dos alimentos que adicionamos para os animais (peixes, corais, etc...) as fezes dos animais também libera uma carga fosfatada grande.

Então companheiros, é muito difícil combater este tipo de composto químico. Devemos criar planos de alimentação, mudas de água e também a água doce de reposição sempre em condições muito boas.
Abraços.

Rinaldo Fontenele

Química da água.

Mensagem 04/mar/2014, 17:40

Grupo: Utilizadores Mensagens: 1098
Idade: 37
Localização: Mafra
Rinaudo,

Penso que neste caso que o Gil postou foi um pouco diferente, pois ja vem de uma discução acerca do aquario do Antonio Afonso, aquario esse que tem vindo a acumular muitos fosfatos, derivado de elevada introdução de alimento para os peixes, depositação de muitos detritos, etc. Esse input de fosfato nunca foi extraido como deveria ter sido feito e o acumular da situação foi aumentando o fosfato para niveis muito altos.

A conversa chegou à parte do fosfato ser libertado pela rocha com o passar do tempo, a ideia que tenho é que os fosfatos inorganicos dissolvidos teram precipitado com o calcio e magnesio com o passar do tempo e ficou retido boa parte dele na rocha, e derivado a diversas situações (por exemplo o ph abaixo dos 8) esse fosfato libertar-se novamente como inorganico dissolvido provocando assim sempre valores altos de fosfato e que dificilmente conseguirá retirar dessa rocha, mesmo retirando toda a rocha e lavando à pressão como o Gil indicou no topico do Antonio Afonso.

Mensagem 08/mar/2014, 17:32

Grupo: Moderadores Mensagens: 102
Idade: 50
Localização: Guarulhos - São Paulo - Brasil
Boas pessoal, temos uma discussão acerca dos fosfatos na discussão geral.

O link é este:
viewtopic.php?f=5&t=3208

Que tal transferir esta discussão para a parte da química da água??

Moderadores de plantão que tem o acesso, podem fazer este favor?
Abraços.

Rinaldo Fontenele

Química da água.

Mensagem 08/mar/2014, 20:50

Grupo: Utilizadores Mensagens: 1098
Idade: 37
Localização: Mafra
Olá Rinaldo, gostava que partilhasses a tua opinião acerca deste aquário, para ti qual o elemento que consegue o equilíbrio para que um sistema destes com nutrientes super altos não se desmorone como é habitual ver crashs totais de outros aquários.
Abraço


Voltar para Química da Água



cron