Fórum Aquariofilia Marinha Artigos Quarentena de peixes

Quarentena de peixes

Área para publicação e discussão de artigos avançados.
Mensagem 03/jan/2013, 15:22

Grupo: Utilizadores Mensagens: 1892
Idade:
Localização: Lisboa
Boas,
Eu tive mortes em 10 Ocealaris, um strigosus e um Goby.
Contra muitas opiniões decidi colocar a UV 24/24 e nunca mais tive mortes de peixes.
Sei que a maioria das pessoas são contra mas eu sou a favor.

Abraços e boa sorte :)
Abraço.
André Jorge Silva

Imagem

Mensagem 04/jan/2013, 11:29

Grupo: Utilizadores Mensagens: 318
Idade: 43
Localização: Lousada
Olá Hugo

O leucosternon não parece ter ictio realmente, e essas manchas são muito estranhas pois parece que ele se roçou em alguma coisa. Mas se come e se está com aspeto "ick free" deixa o estar mais um tempo e depois logo vês.

O UV ajuda realmente a diminuir o número de parasitas presentes na cpluna de água, mas não irradia o parasita. Eu, pessoalmente não sou adepto em aquários com corais, mas numa aquário de peixes ou de quarentena já é outrav história.
www.reeffresh.com
http://www.facebook.com/pages/Reeffresh ... 8068663646

I like to glue animals to rocks and put disturbing amounts of electricity and saltwater next to each other.

My reef: viewtopic.php?f=7&t=531

Mensagem 04/jan/2013, 12:21

Grupo: Moderador Global Mensagens: 2006
Idade: 41
Localização: Sarilhos Grandes, Montijo
Ontem e hoje de manhã não tive grande oportunidade de o examinar (está novamente no caixote e não no aquário hospital/quarentena), mas hoje conto ver se o consigo examinar melhor!

Ele come mesmo à boss e parece-me gordo, senão repara:



Quanto às manchas, como referi ela apareceram poucos segundos depois dele entrar no banho de água doce e desapareceram poucos minutos depois de sair dele, o que me leva a querer que são manchas de stress! :ymsick:

Mensagem 08/jan/2013, 15:13

Grupo: Utilizadores Mensagens: 27
Idade:
Hugo Figueiredo Escreveu:
Ontem e hoje de manhã não tive grande oportunidade de o examinar (está novamente no caixote e não no aquário hospital/quarentena), mas hoje conto ver se o consigo examinar melhor!

Ele come mesmo à boss e parece-me gordo, senão repara:



Quanto às manchas, como referi ela apareceram poucos segundos depois dele entrar no banho de água doce e desapareceram poucos minutos depois de sair dele, o que me leva a querer que são manchas de stress! :ymsick:


Essas manchas não são tipo as que vês quando ligas as luzes do aquário quando eles já estão a dormir ou há pouca luz no aquário? É que mudam a coloração completamente.
Imagem]

Mensagem 26/jan/2013, 01:58

Grupo: Utilizadores Mensagens: 407
Idade: 40
Localização: Caria

Boas Hugo o peixe como esta?
Abraço
Ricardo Oliveira
My 3reef setup
FacebookReefhabitat
Imagem

Mensagem 26/jan/2013, 08:48

Grupo: Moderador Global Mensagens: 2006
Idade: 41
Localização: Sarilhos Grandes, Montijo
Está impecável!
Cresceu imenso entretanto, está gordo e é o rei do pedaço!

O louriculus a mesma coisa!


Sent from my iPhone using Tapatalk

Mensagem 26/jan/2013, 13:10

Grupo: Moderador Global Mensagens: 2006
Idade: 41
Localização: Sarilhos Grandes, Montijo
Está impecável!
Cresceu imenso entretanto, está gordo e é o rei do pedaço!

O louriculus a mesma coisa!


Sent from my iPhone using Tapatalk

Mensagem 25/fev/2013, 02:06

Grupo: Utilizadores Mensagens: 93
Idade: 47
Localização: Portimão - Algarve
Hugo Figueiredo Escreveu:
Voltando a este tema...

Num outro forum, e com a preciosa ajuda do Cesar Silverio, resumi o seu método de quarentena (Cesar, corrige-me se estiver alguma coisa errada, pf) da seguinte forma:

1. Preparação do aquário de banho
Não precisa de ser muito grande, servirá apenas para dar um banho de água doce ao peixe durante cerca de 10 minutos.

Deve-se controlar a temperatura e o PH, que deverão estar iguais ao aquário de quarentena, descrito em baixo.
Uma pedra difusora ajuda na oxigenação da água!


1.1. Preparação do aquário de quarentena

Boas a todos

Queria colocar uma questão aos gurus do forum....

Em relação ao aquário de quarentena, poderei montar um com um pequeno escumador? E colocando o escumador torna-se necessário fazer as trocas de água de 2 em 2 dias?

Num aquário de quarentena é preciso a baixar a salinidade ou poderei manter a salinidade igual durante mais tempo?

Estou perguntando isso pois quero montar um aquario de quarentena com um pequeno escumador (funcionar como um nano) e verificar diariamente o estado do peixe em causa.....

Aguardo pelos vossos comentários.....



Preparar o aquário de quarentena (pode ser com água do tanque principal se estiver controlado) e corrigir a densidade até perto dos 1.014.

Este aquário deve ter:
1.Aquecimento
2.Pouca luz
3.Movimentação moderada
4.Alguns abrigos (tubos de PVC, por exemplo)
5.Filtro externo com materias filtrantes maturadas (na sump do tanque principal, por exemplo)

2. Método de Quarentena
1.Aclimatar durante cerca de 1 hora com água do aquário de quarentena.

2.Mergulhar o Peixe no aquário de banho durante 5/7 minutos, de preferência 10 e no caso dos palhaços, possivelmente mais de 14 minutos, por causa da brokinella.
IMPORTANTE: Acompanhar comportamento do peixe. Natação lateral e ir ao fundo são normais, mas natação errática e respiração ofegante são sinais de alerta. Neste caso retirar imediactamente o peixe e passar ao passo 2.

3.Colocar o peixe no aquário de quarentena.

4.Passadas +/-24H, descer a salinidade para perto de 1.010 e deixar assim durante pelo menos 20 dias.
IMPORTANTE: Durante esta fase é importante acompanhar o estado o peixe e se for necessário fazer algum tratamento, recomeçar a contar os 20 dias a partir do fim do mesmo.

5.Durante este período devem-se fazer trocas de 2 em 2 dias de 20%/25% da água, não esquencendo nunca de corrigir a salinidade para os 1.010.

6.Passados os 20 dias (mínimo) começar a subir a salinidade gradualmente nunca ultrapassando os 0.003/dia até se atingir a densidade do tanque principal.

7.Finalmente introduzir o peixe no tanque principal (aclimatando), preferencialmente com as luzes apagadas.


Basicamente julgo ser isto!
Entretanto neste tópico abordou-se uma alternativa mais comercial (mais química se assim se pode dizer) e gostaria da vossa participação para se tentar elaborar também uma receita mais química.

Falou-se aqui em alguns produtos comerciais, em alguns produtos activos que encontramos na farmácia, etc, mas julgo ainda persistirem algumas dúvidas nas quantidades e no próprio método em si!

Assim sendo, quem quer começar?
César Soares, queres começar? indicando mais em pormenor o que fazes com os teus peixes e como os quarentenas, indicando quantidades e produtos?

Obrigado desde já! :-bd
Um abraço

Luis M Carrilho

Mensagem 02/mai/2013, 12:15

Grupo: Utilizadores Mensagens: 326
Idade: 36
Localização: Porto-Gondomar
Bom dia malta só li este tópico agora porque nunca pensei que o ictio era assim tao mau.... :( :( :(

Depois de quase duas semanas a tentar salvar o leucosternon o que é certo é que morreu ele morreu a Zebrasoma um goby e um palhaço todos cravados de pontos brancos...

A minha experiencia:

o leucosternon quando veio estava excelente comia super bem o stress dele era mesmo não apanhar a comida toda que caia no aqua, mas ao fim de duas semanas primeiros pontos brancos comecei a ler por alto e dei muita comido melhorou logo limpinho...

Passados dois dias fui aspirar o areao e jasus cravei os peixes todos de pontos brancos incrível mesmo...

Antes de montar o meu sistema li muito sobre os corais e a agua e deixei sempre os peixes de lado pensei que fosse o mais fácil mas agora estou de rastos mesmo triste...

Agora tenho uma grande duvida se eu retirar o resto dos peixes do aquario e deixar uns 3 meses sem peixes a bactéria desaparece ou vai ficar para sempre no aquario???

Nunca mais entra nada no meu aquario sem quarentena isso é certinho...

Abraços

Mensagem 02/mai/2013, 15:15

Grupo: Utilizadores Mensagens: 1048
Idade:
Localização: LISBOA
Olá Ricardo,

Lamento as tuas perdas, mas é sempre assim com todos (eu incluído), facilitamos e pumba!!!

Quanto à tua questão, se deixares o aquário sem peixes durante esse período, os parasitas não encontrarão hospedeiro e vão morrer.

Quanto a futuras aquisições, consulta também neste fórum um post sobre o Tank Transfer Method (TTM), penso que iniciado pelo César Soares e que pode ser uma boa alternativa à quarentena com hipossalinidade.

Abraço e quarentena!
Enviado pelo meu computador através dos meus dedinhos

Mensagem 02/mai/2013, 16:14

Grupo: Utilizadores Mensagens: 326
Idade: 36
Localização: Porto-Gondomar
César Silvério Escreveu:
Olá Ricardo,

Lamento as tuas perdas, mas é sempre assim com todos (eu incluído), facilitamos e pumba!!!

Quanto à tua questão, se deixares o aquário sem peixes durante esse período, os parasitas não encontrarão hospedeiro e vão morrer.

Quanto a futuras aquisições, consulta também neste fórum um post sobre o Tank Transfer Method (TTM), penso que iniciado pelo César Soares e que pode ser uma boa alternativa à quarentena com hipossalinidade.

Abraço e quarentena!


Obrigado César agora a minha ideia é limpar o aquário tirar os peixes e ter a certeza que vou ficar sem os parasitas espere o tempo que for preciso, penso que 3 meses deve chegar ou deixo ainda mais tempo para ter a certeza que a bactéria vai morrer...

Já agora camarões, eremitas, estrelas e turbo isso posso deixar certo?

Abraço

Mensagem 02/mai/2013, 16:18

Grupo: Moderador Global Mensagens: 2006
Idade: 41
Localização: Sarilhos Grandes, Montijo
Na realidade e embora haja conhecimento de diversas estirpes do parasita mais resistens ao tempo, é comumente aceite que o parasita sem hospedeiro durante 2 dias, morre! É precisamente este conceito que é aplicado no TTM que o César refere e que toda a gente deveria fazer!

Pelo que 30 dias, parece-me mais que suficiente para "limpar" um aquário do "bicho", que só ataca peixes, sim! ;)

Mensagem 02/mai/2013, 16:24

Grupo: Utilizadores Mensagens: 326
Idade: 36
Localização: Porto-Gondomar
Obrigado Hugo vou fazer isso mesmo e arranjar material para fazer a minha TTM porque aprendi muito nada entra agora sem TTM...

Repararam na coincidência de ter aspirado o areão a partir dai é que começou a desgraça toda.

Mensagem 02/mai/2013, 16:50

Grupo: Utilizadores Mensagens: 1048
Idade:
Localização: LISBOA
Hugo Figueiredo Escreveu:
Na realidade e embora haja conhecimento de diversas estirpes do parasita mais resistens ao tempo, é comumente aceite que o parasita sem hospedeiro durante 2 dias, morre! É precisamente este conceito que é aplicado no TTM que o César refere e que toda a gente deveria fazer!

Pelo que 30 dias, parece-me mais que suficiente para "limpar" um aquário do "bicho", que só ataca peixes, sim! ;)



Não Hugo,

A questão não é essa; penso que não compreendeste totalmente o mecanismo do TTM.

No TTM, a água com os cistos é deixada para trás, mas se a alternativa fôr retirar os peixes (os outros vivos podem ficar) e deixar ficar a água, as rochas, etc., o parasita pode resistir enquistado até cerca de 2 meses, pelo que para se actuar com segurança o aquário deve ficar sem peixes durante um período mais longo.

Isto é válido para o Cryptocaryon (ictio marinho) e supunho que também para o Amyloodinium (velvet).

Abraço
Editado pela última vez por César Silvério em 02/mai/2013, 16:56, num total de 1 vez.
Enviado pelo meu computador através dos meus dedinhos

Mensagem 02/mai/2013, 16:53

Grupo: Moderador Global Mensagens: 2006
Idade: 41
Localização: Sarilhos Grandes, Montijo
Faz sentido!
Sempre a aprender! ;)

Mensagem 19/set/2014, 17:15

Grupo: Super Moderador Mensagens: 4463
Idade: 46
Localização: Torres Vedras
Boas,

Vou ressuscitar este tópico ... :D

Então Hugo, continuas a fazer o TTM?

Estou a planear o sistema de quarentena para o novo projecto por isso ando de volta disto outra vez.

A minha ideia ...

1º Fazer TTM com tratamento para os flukes e depois passar o peixe para a quarentena.

O aquário de quarentena terá escumador e siporax maturado do aquário principal desde que não use medicação! Terá também iluminação igual ao aquário principal no caso de quarentena de corais. e claro terá também UV.

Estava a pensar colocar uma bateria de peixes (para suportar pelo menos 3 ao mesmo tempo) na quarentena. Pode ser feito com a mesma água mas com divisórias ou será melhor ter mesmo três aquários separados?

Parece-vos bem?

Abraços,
Rui
http://ricordeadream.blogspot.pt/

"Nothing good happens fast in a reef tank"
SPS= Stability Promotes Success

Mensagem 19/set/2014, 17:26

Grupo: Moderador Global Mensagens: 2006
Idade: 41
Localização: Sarilhos Grandes, Montijo
Nim! :D

Sim, continuo a fazer quarentena, mas nem sempre cumpro o prazo dos 3 dias. As vezes fico mais dias sem mudar.
O que faço também é ligar a UV nas 3 semanas seguintes a introduzir peixes no aquário (não uso UV na quarentena).

Mas basicamente faço o TTM, sim! Só as vezes não troco de 3 em 3 dias!
A questão dos 3 em 3 dias serve para combater Cryptho e por isso as vezes descuido-me um pouco mas essencialmente o que faço e acho importante é:

1- Quando o peixe chega coloco-o num balde/tupperware/recipiente com termostado e uma pedra difusora.
2 - Faço apenas a aclimatação à temperatura, mas nem faço pinga-pinga, apenas por osmose.
3 - A água do recipiente está por volta dos 1016-1018 e coloco o peixe diretamente nessa água sem qualquer aclimatação.
4 - Depois vou subindo a salinidade (1 ponto por dia) até estar 2 pontos acima da do aquário e quando isso acontece, meto o peixe no aquário sem qualquer aclimatação também!

Este é o procedimento normal, a questão dos 3 dias é que me tenho desleixado um pouco (dependendo também do peixe).

Mensagem 19/set/2014, 19:15

Grupo: Utilizadores Mensagens: 1048
Idade:
Localização: LISBOA
Hugo Figueiredo Escreveu:
Nim! :D

Sim, continuo a fazer quarentena, mas nem sempre cumpro o prazo dos 3 dias. As vezes fico mais dias sem mudar.
O que faço também é ligar a UV nas 3 semanas seguintes a introduzir peixes no aquário (não uso UV na quarentena).

Mas basicamente faço o TTM, sim! Só as vezes não troco de 3 em 3 dias!
A questão dos 3 em 3 dias serve para combater Cryptho e por isso as vezes descuido-me um pouco mas essencialmente o que faço e acho importante é:

1- Quando o peixe chega coloco-o num balde/tupperware/recipiente com termostado e uma pedra difusora.
2 - Faço apenas a aclimatação à temperatura, mas nem faço pinga-pinga, apenas por osmose.
3 - A água do recipiente está por volta dos 1016-1018 e coloco o peixe diretamente nessa água sem qualquer aclimatação.
4 - Depois vou subindo a salinidade (1 ponto por dia) até estar 2 pontos acima da do aquário e quando isso acontece, meto o peixe no aquário sem qualquer aclimatação também!

Este é o procedimento normal, a questão dos 3 dias é que me tenho desleixado um pouco (dependendo também do peixe).



Olá Hugo,

Se deixas os peixes mais de três dias sem os mudares de balde, os cistos vão nascer e migrar para os peixes, tornando ineficaz o TTM.

Os peixes têm que ser mudados ao terceiro dia e de preferência antes do dia pleno, para minimizar as probabilidades de eventuais ovos darem origem a novos parasitas.

Abraço
Enviado pelo meu computador através dos meus dedinhos

Mensagem 19/set/2014, 20:37

Grupo: Moderador Global Mensagens: 2006
Idade: 41
Localização: Sarilhos Grandes, Montijo
Eu sei césar mas eu vejo o TTM como muito mais que um processo para eliminar crypto.

Mensagem 19/set/2014, 21:27

Grupo: Utilizadores Mensagens: 1048
Idade:
Localização: LISBOA
Hugo Figueiredo Escreveu:
Eu sei césar mas eu vejo o TTM como muito mais que um processo para eliminar crypto.



Pois também eu, mas assim não eliminas o crypto, porque permites que, antes de mudares o peixe para água nova, o crypto volte para os peixes.

E como quarentena para outras doenças também não funciona, porque o tempo é demasiado curto.

Abraço
Enviado pelo meu computador através dos meus dedinhos

AnteriorPróximo

Voltar para Artigos



cron